+ 55 (19) 9.9379-4472
Flowers

Flórida tem o maior crescimento de empregos dos EUA

A Flórida passou da última para a primeira posição no ranking de criação de empregos em pesquisa nacional divulgada em julho de 2018.

O Escritório de Estatísticas do Trabalho dos EUA apontou que a Flórida teve um aumento de 214.372 empregos no setor privado nos últimos três meses de 2017. Foi o maior aumento de empregos em qualquer estado, de acordo com os dados nacionais.

Ele também contrasta com o último relatório trimestral da agência federal sobre “dinâmica do emprego nos negócios”, que mostrou que a Flórida lidera o país em redução de empregos no setor privado no terceiro trimestre de 2017, com um declínio de cerca de 134.000 vagas.

Economistas e funcionários do Estado atribuíram as perdas de emprego da Flórida durante o terceiro trimestre ao impacto do furacão Irma, que atingiu o estado em setembro. Eles previram que o crescimento do emprego na Flórida provavelmente se recuperaria, o que foi confirmado no novo relatório.

A pesquisa mede a criação de empregos ao longo de um período de três meses, comparando novas empresas ou que estão em fase de expansão e negócios que fecharam.

O novo relatório ressaltou a natureza da recuperação pós-furacão da Flórida, com os 214.372 empregos criados, sendo o maior total trimestral do estado com base nos dados da agência federal datados de 1992.

No quarto trimestre de 2017 houve a criação de 601.026 novos empregos, um índice alto para o estado e compensada pela perda de 386.654 empregos durante esse período.

O crescimento do emprego na Flórida no final do ano passado estava de acordo com expectativa nacional. O Escritório de Estatísticas do Trabalho dos EUA informou um aumento de quase 1 milhão de empregos no setor privado em todo o país no quarto trimestre de 2017.

Em comparação com um relatório anterior, mostrou pela primeira vez desde 2010, mais empregos foram perdidos do que criados no terceiro trimestre de 2017, acumulando uma redução de cerca de 140.000 empregos.

O novo relatório mostrou que 49 estados aumentaram empregos no setor privado no último trimestre de 2017. O relatório do terceiro trimestre mostrou que a Flórida e 26 outros estados perderam empregos.

A Flórida, o terceiro maior estado do país, manteve uma média boa em comparação com outros estados com altos índices na pesquisa.

Apenas a Califórnia, que gerou mais de 1 milhão de empregos no setor privado, superou a Flórida. Mas o maior estado do país ficou atrás da Flórida em aumento de emprego para o trimestre, com 134.282, por causa de grandes reduções.

O Texas criou mais de 641.000 empregos no quarto trimestre de 2017, com um aumento de 103.721 empregos. Nova York teve um aumento de mais de 26.000 empregos, com base em um total de 483.363 novos empregos.

O Alasca foi o único estado com redução de empregos no quarto trimestre de 2017, perdendo pouco mais de 2.000 empregos no setor privado, de acordo com dados nacionais.

Copyright © OFG Business. Todos os direitos reservados.